DÚVIDAS FREQUENTES

Qual a diferença entre nudismo e naturismo?

Para nos ajudar a responder essa questão o escritor Evandro Telles comenta que:

A Federação Internacional de Naturismo coloca ambos os termos como sinônimos desde o III Congresso Internacional em Montalivet na França. “Naturism (Nudism) is a way of life in harmony….” é porque não existe diferença alguma, inclusive alguns clubes nos EUA e Alemanha ainda permanece com o nome de Nudismo.

Posso, por uma questão de preferência, usar um termo que mais me agrade, mas é uma opção pessoal. O que difere é o termo “Nudez” que pode ser 1) Nudez sensualizada; 2) nudez erótica; 3) nudez natural e por aí vai.

Os termos são sinônimos mas preferimos “Naturismo” porque aparentemente as pessoas tendem a pensar em algo mais responsável.

Sou obrigado a tirar a roupa?

Existem áreas de adaptação aos visitantes que não são praticantes do Naturismo onde podem permanecer com roupas. Porém, na faixa de areia a nudez deve ser total. Esta regra foi estabelecida pelos próprios naturistas e frequentadores, juntamente com a ONG Naturistas Praia do Pinho.

Todos devem tirar a roupa logo na entrada?

Não. Existe uma área de adaptação que vai até a entrada da pousada e camping. Nesta área, os visitantes que ainda não são naturistas podem ficar vestidos, desde que não entrem na faixa de areia. Esta regra também é válida para os hóspedes, que podem permanecer na área da pousada e camping com ou sem roupa.

O que sentimos na primeira vez?

Geralmente temos uma grande surpresa, ao perceber que nossa nudez não choca nem incomoda a ninguém e nem é alvo de qualquer atenção especial. A principio pode-se experimentar uma sensação de desconforto, (não é tão fácil abandonar os hábitos impostos pela sociedade), mas logo sente-se um grande prazer e uma profunda paz, uma integração com todos que estão compartilhando aquele momento. Aos poucos vamos percebendo que a nudez natural tem outra dimensão que vai muito além do erótico. Passamos a descobrir o nosso corpo de uma forma diferente, sem vícios, sem padrões e sem preconceitos. Passamos a aceitar e somos aceitos de uma forma natural, baseado nos valores espirituais de cada um.

Mas não é erótico e sensual ficar nu no meio de outras pessoas?

Sim. É natural que quando estamos nus, especialmente junto de outras pessoas, sintamos um prazer muito especial. SIM, pode ser erótico, pode ser sensual, mas quando estamos juntos, este prazer vai muito além do desejo sexual. Estamos no meio de pessoas com as quais compartilhamos o respeito, a amizade, a harmonia, a aceitação do nosso corpo numa dimensão superior aos apelos sexuais, aos padrões e rótulos de beleza. A sensualidade é algo que devemos cultivar de forma saudável, natural, alegre e também com respeito. Em um ambiente naturista temos crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. O que todos desejamos, além do prazer individual de ficar nu, é poder compartilhar de forma harmoniosa essa convivência.

Homens desacompanhados podem visitar a praia?

Sim. Podem visitar a praia, tanto na área de adaptação quanto na faixa de areia, sempre respeitando as regras e limites praticados pelos naturistas.

Homossexuais ou casais gays podem freqüentar a praia?

Sim. A Praia do Pinho não tem discriminação nenhuma quanto à orientação sexual de cada pessoa. Apenas pedimos que todos os frequentadores tenham discrição, pois a praia é frequentada desde crianças até idosos.

Homens desacompanhados podem hospedar-se na pousada ou camping?

No caso de homens solteiros ou desacompanhados são abertas algumas exceções, desde que os mesmos possuam passaporte naturista válido e se comprometam em respeitar às regras e limites da praia e da área ocupada pelos hóspedes.

Como posso adquirir o passaporte naturista?

Você deve acessar o site da Federação Brasileira de Naturismo – FBrN www.fbrn.com.br e verificar qual é a entidade filiada mais próxima de você e entrar em contato com eles para saber quais procedimentos para aquisição do passaporte. Note que cada área filiada tem seu critério para fornecer o passaporte.

Como proceder no caso de uma ereção?

Em locais naturistas o ambiente é totalmente familiar recebendo desde pessoas idosas até crianças. Lembre-se que a maldade está na mente de quem olha, portanto se você procurar uma área naturista com a intenção de se divertir, socializar e comungar com a natureza, pode ficar tranqüilo que isso não acontecerá, mas caso houver a ereção haja com naturalidade, busque resolver a situação o mais rápido possível, indo para água, se cobrindo sem constranger os outros frequentadores.

Se eu estiver menstruada posso permanecer com a parte de baixo do biquíni?

Diferentemente de outras áreas naturistas, nas areias da Praia do Pinho não é permitida a entrada com a parte de baixo do biquíni, mesmo estando menstruada. Nesse caso, a frequentadora deve usar um absorvente interno, ou poderá ficar com qualquer peça de roupa nas dependências do Complexo.

Posso fotografar ou filmar na praia?

É expressamente proibido filmar ou fotografar na praia, mesmo que de longe, sem a permissão dos freqüentadores.

É permitida a entrada de crianças na praia?

A prática do naturismo estimula a nudez em grupo, com respeito, harmonia e segurança, diretamente em contato com a natureza. Por isso, é cada vez maior o número de famílias que vêm inserindo seus filhos desde pequenos na prática. Desta forma, a Praia do Pinho tem recebido famílias de diversos locais do Brasil e do mundo, que buscam cultivar, principalmente entre as crianças este hábito saudável e desprovido de qualquer preconceito.

Com quanto tempo de antecedência posso fazer uma reserva nas pousadas?

Depende da época. Para Reveillon, carnaval e alta temporada(verão), com no mínimo, 02 mês de antecedência. Para outras épocas aconselhamos que seja feita a reserva com 20 dias de antecedência.

O que está incluído nas diárias das pousadas?

A utilização do serviço de quarto e cozinha coletiva. O café da manhã não está incluso.

O que está incluído nas diárias do camping?

A utilização da instalação elétrica, banheiros e cozinha coletiva

É permitida a entrada de animais na praia?

Não. Para não causar desconforto aos frequentadores e por determinação da Lei n° 4085, de 11 de dezembro de 2017:

Art. 2° Altera o art. 8º da Lei Municipal nº 2.445/2005, que passará a conter a seguinte redação:

“Art. 8º É expressamente proibida a presença de cães, gatos ou outros animais em praias a qualquer título, exceto cães guia, nos termos da Lei Federal nº 11.126/2005 e Decreto Federal nº 5.904/2006.”